AEROSMITH - Legendary Child

[postlink]http://rocknrollpost.blogspot.com/2012/07/aerosmith-legendary-child.html[/postlink]http://www.youtube.com/watch?v=4iXNwEaQoJUendofvid[starttext]Aerosmith é uma banda de e Rock n’ Roll formada em Boston, Massachusetts no início dos anos 70, tendo desfrutado de grande popularidade durante meados dos anos 70, final dos anos 80 e início da década de 90. O Aerosmith surgiu em 1969, da junção de duas outras bandas: os Chain Reaction de Steven Tyler (cujo nome artístico na época era Steve Tallarico) e The Jam Band de Joe Perry e Tom Hamilton. Chain Reaction possuia muita influência de Beatles e chegaram a gravar um demo que continha canções como “The sun” e “When I Needed You”.
Joe Perry trabalhava em uma lanchonete e fritava batatas e hamburgueres para comprar discos, dirigia o furgão de sua mãe ouvindo Led Zeppelin e sonhava em ter uma banda. Steven Tyler, às vezes, comia na lanchonete onde Joe trabalhava e, um dia, aquele rapaz de cabelo curto e liso com um óculos escuro colado com fita adesiva, que limpava a sujeira que Steven Tyler fazia na lanchonete, foi visto pelo mesmo tocando “Rattlesnake Shake” com sua banda The Jam Band.
A formação original incluía Steven Tyler (vocal), Joe Perry (guitarra) e Tom Hamilton (baixo), tendo mais tarde entrado para a banda Ray Tabano como segundo guitarrista, e posteriormente Brad Whitford (dos Earth Inc.), para desempenhar idênticas funções. Tyler, que originariamente era baterista e solista, tornou-se vocalista a tempo inteiro quando o baterista Joey Kramer se juntou ao grupo.
Após alguns espectáculos ao vivo nos bares de Boston, que lhes proporcionaram fama imediata, os Aerosmith assinaram um contrato com a editora Columbia Records em 1972, gravaram o seu álbum de estreia Aerosmith em duas semanas e lançaram-no no mercado. Dele, se extraiu o single “Dream On”. Após uma primeira turnê a banda lançou Get Your Wings (1974), que também gozou de grande sucesso nas tabelas de vendas. Desde então, venderam mais de 100 milhões de discos em 23 álbuns e uma coleção de prémios (Grammys, American Music Awards, Billboard Awards, MTV Awards).
Em 1975, a edição de Toys in the Attic fez deles definitivamente estrelas do Rock n’ Roll internacional. O álbum, uma mistura bem sucedida de Heavy Metal, Hard Rock e toques de Punk, constituiu um êxito imediato, tendo-se extraído dois singles (“Sweet Emotion” e “Walk This Way”).
O álbum seguinte, Rocks, segundo vários fãs o melhor da banda, atingiu a platina e continha também dois grandes êxitos: “Back in the Saddle” e “Last Child”. Já Draw the Line não foi tão bem reconhecido como os anteriores.
No final dos anos 70 prosseguiram as turnês e editaram mais alguns álbuns, tendo o grupo participado no filme Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band. Em 1979, Joe Perry deixou a banda por problemas com drogas, brigando com Steven por causa de um copo de leite. Formou o The Joe Perry Project, que lançou três discos. Após um acidente de moto sofrido por Steven Tyler, Brad Whitford deixou a banda em 1980 e se uniu a Derek St. Holmes, vocalista da banda de Ted Nugent, para dar origem ao projeto Whitford/St. Holmes, que em 1981 lançou um disco auto-intitulado. Antes da saída de Joe Perry, gravaram Night in the Ruts em 1979, pouco conhecido e que apresenta três covers: “Remember (Walking in the Sand)”, “Think About It” e “Reefer Head Woman”.
Com a parceria Perry-Tyler desfeita em 1979, o Aerosmith substituiu os elementos que abandonaram a banda por Jimmy Crespo e Rick Dufay e lançaram o seu álbum de Greatest Hits em 1980, um verdadeiro sucesso de vendas, no que foi seguido por um relativo fracasso, Rock in a Hard Place. Após esta fase conturbada, Perry e Whitford regressaram à banda, em 1984. Teve, então, lugar uma turnê para comemorar a reunião dos membros do grupo. Contudo, durante essa mesma turnê, Tyler chegaria a desmaiar em palco devido à dependência de drogas, afetando negativamente a imagem do grupo.
No ano seguinte, Tyler e Perry deram por concluída a sua desintoxicação das drogas, e a banda lançou Done With Mirrors, um dos melhores álbuns dos Aerosmith desde o final dos anos 70, porém um fracasso de vendas, idem ao anterior. Desde então firmaram a cada lançamento sua posição de representantes definitivos do Rock n’ Roll. Ao mesmo tempo, apareceram no bem sucedido cover dos Run D. M. C. de “Walk This Way”, combinando Rock n’ Roll e Rap, marcando o início do regresso dos Aerosmith aos grandes êxitos.
Seguiu-se o álbum Permanent Vacation (1987), que incluiu hits como “Dude (Looks Like a Lady)”, “Rag Doll” ou “Angel”. Contudo, o verdadeiro álbum de regresso aos tops de vendas foi Pump, do qual se extraíram três êxitos que chegaram ao Top 10 nos Estados Unidos: “Janie’s Got a Gun”, “What It Takes” e “Love in an Elevator”. Get a Grip (1993) foi igualmente um sucesso de vendas, tendo restabelecido definitivamente os Aerosmith como uma potência musical.
Nine Lives, de 1997, foi álbum marcado por inúmeros problemas, como o despedimento do produtor do grupo, Tim Collins. Talvez por isso mesmo não tenha sido bem acolhido pelo público e pela crítica. Contudo, o maior êxito dos Aerosmith nos anos 90 terá sido, sem dúvida, o tema romântico da trilha sonora do filme Armageddon, I Don’t Wanna Miss a Thing (escrito por Joe Perry e Diane Warren, ainda que Perry não seja creditado como tal). Em 30 de Março de 2004, o seu há muito prometido álbum de blues, “Honkin’ on Bobo”, foi finalmente lançado, um regresso às raízes. O álbum nasceu no final de 2003 durante a turnê em conjunto com os Kiss e a jam especial de blues que acontecia nas apresentações.
Em 2005, a gravadora lançou Rockin’ the Joint, uma compilação de uma apresentação ao vivo realizada em 2002 pela turnê Just Push Play. Mais recentemente, em 2006, com o fim do contrato com a Sony BMG iminente, a mesma lançou outra coletânea, Devil’s Got a New Disguise, com grandes sucessos da banda em toda sua história, além de duas canções inéditas, uma delas um outtake do álbum Pump.
fonte: last fm

Demorou, mas eles aparecem por aqui com sua nova música, o Hard Rock está com tudo e Aerosmith está de volta, mesmo preferindo Van Halen, foi bom eles voltarem com coisa nova, o rock está precisando muito desses e outros gigantes do Rock.
[endtext]

10 comentários:

KGeo disse...

muuuuuito legal a musica e o clipe

Marília disse...

Aerosmith faz parte da minha vida, quantas histórias ao som das músicas dessa banda maravilhosa. só alegria rsrs

Abraão Braga disse...

Sem dúvidas Aerosmith é uma das melhores bandas de Hard-Rock que já eistiu !

Dreds disse...

Meu, fazia tempo que não ouvia essa música....

Guru do Metal disse...

quantas semanas?, a música foi lançado há pouco tempo

Guilherme Augusto disse...

Ansioso pelo lançamento do novo álbum... e esse ano ainda tem a volta do The Darkness...

Macaco Pipi disse...

pRECISA FALAR?
SAO LENDAS!

Estudo Azul disse...

eeei, vc podia colocar uma barra de busca no seu blog !www.estudoazul.com
passa lá?

Estudo Azul disse...

conheço só uma música do aerosmith kkkkkkkkkk

Estudo Azul disse...

nunca ouvi

Postar um comentário

 
Real Time Analytics