DAYLIGHT DIES - Dreaming Of Breathing

[postlink]http://rocknrollpost.blogspot.com/2012/10/daylight-dies-dreaming-of-breathing.html[/postlink]http://www.youtube.com/watch?v=r3QVPEUJYRgendofvid[starttext]Daylight Dies é uma banda norte-americana de Death/Doom Metal, de Raleigh, Carolina do Norte. Sua música é focada na introspecção emocional obscura e melancólica.

Daylight Dies foi formada em 1996 por Barre Gambling e Jesse Haff, ambos os quais estiveram envolvidos anteriormente com uma banda de Melodic Death Metal, Circle. Em 1999, os dois únicos membros gravaram a primeria demo da banda, The Long Forgotten Demo. Em 2000, Guthrie Iddings se uniu à banda como vocalista e o trio gravou a segunda demo da banda, Idle, que foi lançada pela Tribunal Records. Em 2001, Egan O’Rourke entrou como baixista e a banda gravou uma demo de duas músicas que foi para fins da gravadora. No final de 2001, a banda assinou contrato com a Relapse Records.

Em 2002, a banda lançou seu album de estúdio de estréia, No Reply. Depois fez turnê na Europa com Katatonia, nos Estados Unidos e no Canadá com Lacuna Coil, na divulgação do álbum. Depois da turnê, o vocalista Guthrie Iddings deixou a banda para tentar carreira na Califórnia e foi substituído por Nathan Ellis. Charley Shackelford também entrou, como segundo guitarrista. Em Novembro de 2005, Daylight Dies assinou contrato com Candlelight Records. E em Março de 2006, a banda lançou seu segundo álbum de estúdio, Dismantling Devotion.

Em 13 e 14 de Julho de 2006, a banda tocou como abertura principal para Emperor em Nova Iorque. A banda exibiu seu primeiro videoclip para a música “Lies that Bind” em 9 de Agosto de 2006. Entre 20 de Outubro e 19 de Novembro desse mesmo ano, Daylight Dies embarcou na sua primeira turnê na América do Norte inteira, divulgando Dismantling Devotion junto com Moonspell, de Portugal, e Katatonia, da Suécia.
A banda entrou em estúdio em Dezembro de 2007 para começar a gravar seu terceiro álbum Lost to the Living. Como Dismantling Devotion, o álbum foi mixado e masterizado por Jens Bogren na Fascination Street Studios.

fonte: last fm

Faz um bom tempo que o Doom/Death Metal não marca presença por aqui. o som deles não é para qualquer público, mas para quem gosta de um som pesado, cadenciada e com muita melodia, eles são altamente indicados. 

http://www.daylightdies.com/
[endtext]

3 comentários:

Fabinha disse...

Muito bom!

cafajeste sedentario disse...

Até o cara começar a ''grunir'' , eu pensei : ótimo som. o ruim do metal é isso,ótimos instrumentais estragados por um suposto vocalista que não sabe cantar. Apenas berra.

Marco disse...

sinto pena das viúvas com tímpanos frágeis... fãs de beatles falavam a mesma coisa do led zepelin.

Postar um comentário

 
Real Time Analytics